quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

CONCLUSÕE

B O M M M M M M M   D I A A A A A A A 

"CONCLUSÕES :

QUE A VIDA FÍSICA É UMA ESCOLA ABENÇOADA, É INCONTESTÁVEL; MAS, SE VC Ñ SE APROVEITAR DELA A FIM DE APENDER SUFICIENTEMENTE AS LIÇÕES Q SE DESTINAM AO SEU ENGRANDECIMENTO ESPIRITUAL, EM NADA LHE VALERÁ O INGRESSO NO APRENDIZADO HUMANO.

QUE O CAMINHO DO BEM É LABORIOSO E DIFÍCIL, Ñ PADECE DÚVIDA; NO ENTANTO, SE VC Ñ SE DISPUSER A SEGUI-LO, NINGUÉM O LIVRARÁ DA PERIGOSA INFLUÊNCIA DO MAL .

QUE DEUS ESTÁ CONOSCO, EM TODAS AS CIRCUNSTÂNCIAS, É VERDADE INDISCUTÍVEL, SE VC Ñ ESTIVER COM DEUS , NINGUÉM  PODE PREVER ATÉ ONDE DESCERÁ SEU ESPÍRITO , NOS DOMÍNIOS DA INTRANQUILIDADE E DA SOMBRA ." AG CRISTÃ 50

POR ISSO VAMOS APROVEITAR TODOS OS MOMENTOS DA MELHOR MANEIRA POSSÍVEL, POSSAMOS COMPREENDER, E AMANHÃ NÃO MAS TEREMOS QUE COMETER O MESMOS ERROS, POSSAMOS NÃO SER REINCIDENTE EM NOSSOS EROS . MAS NUCA SE ESQUEÇA , "AS PALAVRAS DE PAULO DE TARSO, ( TUDO POSSO MAS NEM TUDO ME CONVÉM" ) .

FELIZ ANO NOVO , QUE 2016 POSSA SER O DIVISOR DE ÁGUAS PARA QUE POSSAMOS CRESCER E EVOLUIR .

GRANDE ABRAÇO   E FELIZ 2016

V A L E U U U U U U U   F U I I I I I I I  ! ! ! ! ! ! ! 

terça-feira, 15 de setembro de 2015

3 EXERCÍCIOS DE RESPIRAÇÃO

INSPIRE E EXPIRE ANTES E DEPOIS DOS TREINOS PARA MELHORAR O SEU DESEMPENHO NAS CORRIDAS


A professora de yoga Wal Nunes, do Studio Yoga Integral, em São Paulo, ensina três exercícios de respiração que prometem melhorar seu desempenho no esporte – em todos eles, não se esqueça de manter o abdome contraído. Confira!

sb10062340w-001
Foto: Thinkstock.


1.




Antes do treino: sentada numa posição confortável, tampe a narina direita e inspire e expire pela esquerda, por 40 segundos. Destampe e inspire e expire pelas duas narinas por 40 segundos. Por último, feche a narina esquerda e repita o exercício por mais 40 segundos. “Isso vai aumentar a capacidade torácica e, consequentemente, o fôlego, além de melhorar a percepção sobre seu corpo”, afirma Wal Nunes.




2.


Durante a corrida: enquanto dá as passadas, inspire pelo nariz contando até seis e expire pelo nariz contando até oito. “Mas lembre-se de respeitar o seu limite”, avisa a professora.







3.
Ilustração: Denis Takata.
Depois do treino: para baixar a temperatura do corpo, abra a boca, coloque a língua para fora e inspire e expire bem rápido por 1 minuto. Dê uma pausa de 1 minuto e repita a respiração por mais 1 minuto.
Obrigado pelo seu voto!



http://www.suacorrida.com.br/treino-finisher/3-exercicios-de-respiracao/


Os artigos publicados pela Redação do Blog MOTIVO PRA CORRER=ESPORTE SAÚDE E LAZER são coletados na Internet ou enviados por nossos colaboradores e não necessariamente representam a opinião de nossa equipe. Nosso objetivo é o de fornecer os mais variados pontos de vista para profissionais e amadores amantes e simpatizantes deste esporte.



quarta-feira, 13 de maio de 2015

DIFERENÇA ENTRE PISADAS NEUTRA , PRONADA E SUPINADA


Saiba qual é o seu tipo e melhore seu rendimento na corrida

Por: Bruno Lopes - São Paulo - 23/01/2015

pisada

Foto: Thinkstock.


Correr não é apenas pegar o par de tênis e sair pelas ruas ou subir em uma esteira. Por trás das passadas, existem características especificas importante para ajustes gradativos, suaves e que reduzem possíveis sobrecargas em estruturas como o tornozelo, joelho, quadril e coluna. É o tipo de pisada, que pode ser neutra, pronada ou supinada.
Cada corredor possui um tipo de contato do pé com o chão enquanto corre. Quando você for realizar o teste para descobrir a sua – com ajuda de um fisioterapeuta, ortopedista ou educador com especialização em biomecânica –, fuja das avaliações superficiais sem supervisão e análise técnica diferenciada. Sempre busque laboratórios específicos.
Feito isso e identificado algum desvio na passada, deve-se tentar corrigi-lo. Palmilhas personalizadas e calçados adequados (com densidades específicas de solado), fortalecimento muscular e atividades de propriocepção são as alternativas.
Entrevistamos o diretor técnico Rodrigo Lobo, da Assessoria Esportiva Lobo, que explica os três tipos e suas diferenças:
Pisada pronada
Caracteriza-se por uma rotação interna (pisada para dentro) excessiva de quando o calcanhar toca o chão, havendo excesso de sobrecarga na região e comprometendo outras como o joelho, quadril e coluna, além do desperdício de energia.
Pisada neutra
Tipo que favorece uma boa distribuição de carga ao aparelho locomotor, evitando rotações de tornozelo e, consequentemente, lesões e desconfortos. Há um toque inicial com a base do calcanhar e a saída do pé do chão com a parte interna (hálux ou dedão).
Pisada supinadaÉ a oposta da pronada. Neste caso, o primeiro toque do calcanhar no chão se dá com sua parte externa. Há também uma sobrecarga localizada que pode gerar lesões e perda de rendimento.


Os artigos publicados pela Redação do Blog MOTIVO PRA CORRER=ESPORTE SAÚDE E LAZER são coletados na Internet ou enviados por nossos colaboradores e não necessariamente representam a opinião de nossa equipe. Nosso objetivo é o de fornecer os mais variados pontos de vista para profissionais e amadores amantes e simpatizantes deste esporte.







quinta-feira, 23 de abril de 2015

SUBIR E DESCER DEGRUS AJUDA A DEFINIR AS PERNAS E A MELHORA O DESEMPENHO NA CORRIDA

PRA VOCÊ MULHER ,  DEGRAUS JÁ ! ! !

 Sabe aquele dia em que você não está com disposição para ir até a academia? Que tal apostar num exercício que pode ser feito dentro de casa? Subir e descer escadas pode ser um complemento e tanto para a corredora. Isso porque essa atividade aumenta a força muscular, define os músculos da perna e melhora a função cardiorrespiratória.


200357550-001

Foto: Thinkstock.

Fazer esse exercício pode ser uma forma de adquirir mais performance nas pistas. “Com o ganho de força, a mulher gasta menos energia na hora de correr. Isto é, ela aumenta a resistência”, garante o professor Alexandre Evangelista, da Universidade Gama Filho, em São Paulo.
Em cada parte do exercício, há um estímulo diferente – o que torna essa atividade completa. Na subida é exigido fôlego extra, por isso, essa é a fase que mais favorece o ganho de força. “Já a descida favorece a hipertrofia 
(o aumento da massa muscular)”, explica Alexandre.
Como em todo esporte, a atividade na escada pode ser prejudicial à saúde se praticada em excesso. Assim, o recomendável é que o trabalho seja realizado até duas vezes por semana. “Apesar de não existir uma regra fixa sobre isso, inicialmente, é aconselhável contar de 80 a 100 degraus (entre subidas e descidas) por sessão de treino. Assim, não há tanto desgaste muscular”, afirma.
Mulheres com sobrepeso sedentárias devem evitar esse tipo de trabalho. A articulação pode ficar comprometida. “O excesso de peso, somado a músculos fracos, coloca a mulher em risco de lesão”, alerta Alexandre. Por isso, antes de incluir qualquer atividade aeróbia na sua rotina, é importante condicionar o corpo com musculação e caminhadas.





Por: Patrícia Orlando - São Paulo - 03/06/2013

http://www.suacorrida.com.br/treino-wrun/escadas-ja/


Os artigos publicados pela Redação do Blog MOTIVO PRA CORRER=ESPORTE SAÚDE E LAZER são coletados na Internet ou enviados por nossos colaboradores e não necessariamente representam a opinião de nossa equipe. Nosso objetivo é o de fornecer os mais variados pontos de vista para profissionais e amadores amantes e simpatizantes deste esporte.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

LUCIANO SANCHES, PROFESSOR DE KETTEBELL DA BIO RITMO

Embora as aulas Sejam relativamente Recentes NAS academias, A História do  kettlebell  E Antiga: desde o Século XVI, como bolas de ferro com Alcas ERAM Usadas em demonstrações de força *, Competições e jogos.
O EQUIPAMENTO PODE Ser a principal Ferramenta de Treino OU UM complemento da musculação, JA Que OS Exercícios PODEM auxiliar na Queima de Calorias, ganho de massa magra e fortalecimento da musculatura.
Luciano Sanches , professor de kettlebell da Bio Ritmo , Explica SUA planilha de Treino. He demonstra Passo a Passo da execução e aponta OS Benefícios dos Exercícios. 
Confira:




Planilha de Treino
Circuito: Seis Exercícios em forma de circuito, de  15 a 20 repetições each . O circuito DEVE Ser repetido 4  vezes .
1. Circuito - Giros com kettlebel indo Pela Direita E Depois Pela Esquerda Ao Redor do Corpo em posição em pé.
2. Figura 8 - Movimento Passando POR Baixo das Pernas Fazendo o Número Oito na posição em pé.
3. Windmill - Executar o Movimento Descendo Primeiro Para O Lado Direito E Depois Para O LADO ESQUERDO.  
4. Agachamento sumô
5. Balanço
6. Abdômen completo com Pernas estendidas
O Ser DEVE circuito executado de uma Duas Três vezes POR semana Durante hum EEM. O peso Indicado para iniciante E de 4 a 8 kg.
http://www.sportlife.com.br/videos/treinamento-kettlebell


Artigos publicados OS Pela Redação do Blog MOTIVO PRA CORRER = SAÚDE ESPORTE E LAZER coletados São nd Internet OU POR NOSSOS enviados Colaboradores e NÃO representam necessariamente a Opinião de Nossa Equipe. Nosso Objetivo E o de fornecer Os Mais Variados pontos de vista Pará Profissionais e amadores amantes e simpatizantes of this Esporte.

domingo, 23 de novembro de 2014

6 DICAS PARA TERMINAR UMA MEIA MARATONA


Aos poucos, a meia maratona ganha cada

vez mais espaço na mente e no plano dos 

atletas.





Aos poucos, a meia maratona ganha cada vez mais espaço na mente e no plano dos atletas . O número de participantes nesta distância aumenta a cada ano e a cada prova. É considerada a melhor distância por Amby Burfoot, campeão da Maratona de Boston em 1968 Segundo Burfoot, “…é um verdadeiro teste de resistência, desafio e velocidade. Podem ser testados os limites de cada um com mais frequência sem correr tanto o risco de sofrer uma lesão. É desafiante poder correr 21 km a um ritmo moderado a forte sem consumir tanta energia como na maratona”.
Para quem pretende ingressar neste pelotão, seguem-se 6 sugestões para estrear nesta distância e poder cruzar a meta, inteiro, com a sensação de dever cumprido.
Primeira meia maratona
Para iniciar um programa de treino de 12 semanas, deve correr de forma confortável 10 km, continuadamente, ou 30 km ao longo da semana, isso há, pelo menos, um mês. É fundamental evoluir gradualmente.
VÁ DEVAGAR – A maioria dos treinos devem ser realizados num ritmo que permita, no fim, ter ainda energia para correr mais uns bons metros. Muitos iniciantes exageram no volume e/ou intensidade no princípio e terminam com uma lesão ou cansaço que os impede de seguir adiante. Ao terminar sem fôlego e com dores é sinónimo de um ritmo demasiado rápido. Ter alguma prudência e controlo na velocidade, evitará que assista à prova… de fora!
TREINE AO AR LIVRE - A passadeira é amiga nos dias frios ou de chuva, mas, como a prova vai acontecer na rua, é preciso treinar num ambiente externo. Correr na rua é a melhor forma de se adaptar ao meio físico da prova.
ENFRENTAR SUBIDAS (SE NECESSÁRIO) - Para uma estreia nos 21 km, o ideal seria um percurso predominantemente plano. Mas, se optar por uma prova com algumas ascensões, é conveniente incorporar no plano de treino, algumas subidas de forma progressiva. Se possível, treinar no próprio percurso da prova.
INVISTA NO VESTUÁRIO - Ignorar as camisetas de algodão do armário. Comprar poucas e boas peças de corrida, como camisetas, shorts, meias e tops desportivos (para as mulheres) com tecidos tecnológicos, que absorvem e eliminam a umidade. O mais importante é a aquisição de um tênis confortáveis e próprias para running. É conveniente adquiri-los numa loja especializada em corrida, que conte com um fisioterapeuta e até com um teste gratuito do tipo de pisada.
ABASTECIMENTO- Não correr de estômago vazio. 1 hora antes das corridas longas, consumir, pelo menos 200 a 250 calorias. A cada refeição, aproximadamente, 60% das calorias devem vir de hidratos de carbono, 25% de proteínas e 15% de gorduras insaturadas (como castanhas).
OUÇA SEU CORPO – Se foi um pouco mais rápido ou mais longe, é normal sentir algum desconforto muscular, especialmente nos gémeos, nos quadríceps e nos músculos anteriores da coxa. São necessários dois dias para recuperar de treinos mais intensos. Se sentir dor no terceiro dia, o descanso é aconselhado. Se a dor for além de quatro ou cinco dias, é melhor consultar um médico.
ABRIL 06, 2013   SERGIO FONSECA

Os artigos publicados pela Redação do Blog MOTIVO PRA CORRER=ESPORTE SAÚDE E LAZER são coletados na Internet ou enviados por nossos colaboradores e não necessariamente representam a opinião de nossa equipe. Nosso objetivo é o de fornecer os mais variados pontos de vista para profissionais e amadores amantes e simpatizantes deste esporte.



quinta-feira, 20 de novembro de 2014

TREINO ANTI-LESÕES PARA CORREDORES


Passo a passo de uma série de exercícios para prevenir lesões musculares

Quem pratica corrida sabe como o fortalecimento muscular é importante para prevenir lesões e até mesmo melhorar o rendimento. Os músculos forçados pelo impacto da pisada e pelos movimentos repetitivos correm o risco de desgaste e contusões se não aliados a algum tipo de trabalho muscular.
O personal trainer Paulo Borges recomenda uma série completa de exercícios que podem prevenir ferimentos musculares, indicada principalmente para quem é iniciante no mundo da corrida.  Confira o passo a passo:





Séries e repetições:
Leg Press: 4 séries de 8 a 12 repetições
Panturrilha sentada: 4 séries de 15 repetições
Cadeira Extensora: 4 séries de 8 a 12 repetições
Cadeira Flexora: 4 séries de 15 repetições

Os artigos publicados pela Redação do Blog MOTIVO PRA CORRER=ESPORTE SAÚDE E LAZER são coletados na Internet ou enviados por nossos colaboradores e não necessariamente representam a opinião de nossa equipe. Nosso objetivo é o de fornecer os mais variados pontos de vista para profissionais e amadores amantes e simpatizantes deste esporte.


quarta-feira, 5 de novembro de 2014

       
  OS 10 MANDAMENTOS DO CORREDOR








Os artigos publicados pela Redação do Blog MOTIVO PRA CORRER=ESPORTE SAÚDE E LAZER são coletados na Internet ou enviados por nossos colaboradores e não necessariamente representam a opinião de nossa equipe. Nosso objetivo é o de fornecer os mais variados pontos de vista para profissionais e amadores amantes e simpatizantes deste esporte.